#Martinique ~ fort de france

::próximaparada

::para.ver.ouvindo<< carla bruni ~ l’excessive

caribbean-mapencontrou a estrelinha de “fort de france” ali no mapa?!

essa ilha.. eu não tenho muita capacidade de exprimir tanta emoção. eu não sabia o que esperar, a não ser o fato de que, finalmente, falaria em francês haha

fiz muitos registros em video, mas deve ser a ilha que mais tenho arquivos e ficaria (já está um tanto) longo, portanto, nesse primeiro momento não os colocarei.

basicamente eles contém: a extrema educação deles no trânsito; a emoção de estar em território francês (rsrs); e o quanto fui elogiada nessa viagem, mais de uma vez nesta ilha; haha (sim, pelo estilo, pelos looks e outros atributos rsrs.)

recapitulando um pouquinho, em La Romana, eu e dudu precisamos explorar alguns espaços para descobrir como chegar em nossos destinos, de maneira que não fosse com os pacotes do navio. em Phillipsburg, um pouco à frente do porto (uns 7, 1o minutos andando), tem um espaço bacaninha para informações. agora, em Fort de France, a organização quanto as informações aos turistas,….. foi, novamente, impactante. pessoas estrategicamente colocadas já em determinados pontos, identificadas para informações.

seguimos para Trois-Îlets.. numa balsa Ana Flavia Barreto Caribe 01 tudo é cristalino lá

Ana Flavia Barreto Caribe 02
tem dois hoteis nessa areia. um era Hotel Bakoua. deve ser um estado de paz hospedar-se lá.. uma serenidaaadeee tudo.
peixinhos. pertinhos.
peixinhos. pertinho.

Ana Flavia Barreto Caribe 04 Ana Flavia Barreto Caribe 05 Ana Flavia Barreto Caribe 06     e no sentido oposto desta praia.. Ana Flavia Barreto Caribe 07   é de pirar e quase não voltar. mas ainda tínhamos o dia todo para tentar conhecer e desfrutar do máximo possível.

balsa de volta e um menino tão tão amoroso aguardando também……… ; ) Ana Flavia Barreto Caribe 08

retornando, vimos um percurso “próximo”  para chegar na praia seguinte e fomos lá andarilhar.. Ana Flavia Barreto Caribe 09 Ana Flavia Barreto Caribe 10

após percorrermos um trecho um pouco maior do que esperávamos, chegamos em Plage de Madiana Ana Flavia Barreto Caribe 11 Ana Flavia Barreto Caribe 12 Ana Flavia Barreto Caribe 14 Ana Flavia Barreto Caribe 13

e seguimos por uma trilha super aventureira para um terceiro destino ainda.. Plage de Schoelcher Ana Flavia Barreto Caribe 20 eu tirei uma foto de uma bananeira (?) diferente por lá.. fiquei doida com essas folhas.

.. .. .. umas semanas após chegar da viagem, vi que tem dela na esquina de minha casa 😐 Ana Flavia Barreto Caribe 21

clássica com o sol assim raiando na gente
clássica com o sol assim raiando na gente

Ana Flavia Barreto Caribe 15 Ana Flavia Barreto Caribe 16 Ana Flavia Barreto Caribe 17 Ana Flavia Barreto Caribe 18

 

 

 

 

 

 

o sol ia se despedindo e estávamos bastante afastados do porto. começamos a buscar por taxi. e não tinha. ficou noite. e seria impossível voltar andando todo aquele trecho.. então Deus me concedeu a graça da comunicação em framcês naquele momento hehe e também nos enviou um anjo.. ele estava numa praça, onde muitas famílias estavam com crianças, bicicletas, bola,.. Ana Flavia Barreto Caribe 25   o “Linnah” nos explicou que não tinha táxi por ali. que nosso dólar não ajudaria. ele entrou num mercadinho, comprou passagens para nós, nos levou num ponto de ônibus (longinho dali) e ainda explicou todo o percurso do ônibus. foi ou não anjo? não aceitou que o pagássemos de forma alguma. essa ilha realmente percorreu e elevou todos os meus sentidos.. >>   ::beijos excessivos<<