#terraàvista #IlhasVirgens

::Ilhas Virgens Britânicas

ou muita àgua (da mais límpida) à vista..

venho com o último post da saga – sublime- caribenha

::para.ver.ouvindo<< Vinnie Maniscalco ~ Takillya

e é impressionante que, mesmo todos os dias visitando as praias mais maravilhosas do Caribe, a gente ainda se emocionava com o amanhecer seguinte..

eu já dormia com as cortinas abertas.. cada porto, uma visão deslumbrante
eu já dormia com as cortinas abertas.. cada porto, uma visão deslumbrante

acordei com declarações escritas com o vapor no espelho do banheiro.. enquanto ele me surpreendia por lá, eu deixava sentimentos com batom (e nessas horas nem estava me importando qual precioso estava marcando o espelho – e o coração do gato *-* )

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 01

o tempo não estava inteiramente aberto nesse dia, então aproveitamos para andar por uma feira charmosa por perto.. comprar os presentes que ainda não havíamos comprado e depois então visitar praias.

os carros lá também são “invertidos” como na Inglaterra, mas no trânsito era ainda uma outra maneira ainda de locomoção. leva um tempinho para acostumar, heim rsrs

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 06
semáforo para pedestre. precisa, né. ali é enrolado acostumar de onde vem o carro rs

também cliquei variados jeans pelas vitrines..

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 03 Ana Flavia Barreto blogger Caribe 02

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 05 Ana Flavia Barreto blogger Caribe 04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

a gente deu uma volta deliciosa de bicicleta nessa ilha, mas nosso gps nos mandou para um morro, com uma subida considerável, e não sabíamos se teria como ir pro outro lado por ele haha então voltamos e tomamos um ônibus

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 07

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 08 Ana Flavia Barreto blogger Caribe 09

foi mesmo absolutamente especial. (e perfeito.)

passada por Puerto Rico S2

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 13

tivemos nossa última noite à bordo e descemos em Santo Domingo.

Foto 22-02-14 08 32 34

ainda ficamos na República Dominicana. tinha show do Alejandro Sanz em Punta Cana.

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 14
eles não chamam de almoço como entendemos almoço. foi o maior rolo, pois tinha essa refeição servida, mas se vc quisesse “lunch”, almoço, teria de ir até outro restaurante. :\ só que não tinha ninguém lá. apenas o chef. haha e nos explicou que um pedido a la carte demoraria, enfim.. descemos e almoçamos esse “outro almoço” deles haha. enquanto nos servíamos, a garçonete já colocava água na mesa, sem que tivéssemos pedido. ; )

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 15 Ana Flavia Barreto blogger Caribe 16 Ana Flavia Barreto blogger Caribe 17

encontrar um menu de travesseiros no hotel foi novidade para mim
encontrar um menu de travesseiros no hotel foi novidade para mim

e tentando resumir bastante, uma vez que a conversa aqui é bastante extensa, foi hora de rever suspirar de cima..

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 19

fizemos escala em Atlânta, Estados Unidos, e aí você de cara sabe quando está no país número 1 do mundo.. fiquei enlouquecida com a quantidade de pistas e o enorme número de aviões pousando e decolando ao mesmo tempo. enquanto pousávamos, por exemplo, atrás da gente já tinha mais 2 aviões (para nossa pista). uau!

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 20

já em São Paulo, com o romance ainda nos consumindo……………… S2 S2 S2……..

Ana Flavia Barreto blogger Caribe 21

e dooooooidos de saudades do nosso menino………..


Ana Flavia Barreto blogger Caribe 22

olha, pessoal, eu tinha muito receio em viajar de navio, por conta das tonturas, vertigens,.. uma tia indicou um dramim azul.. diz q ele evita tonturas e não dá sono. por desleixo não comprei, mas, Graças a Deus, também não passei nadica de mal – e eu sou uma zica pra isso.

outra vantagem de viajar em cruzeiro, para nós, é essa oportunidade fantástica de conhecer tantos países diferentes numa mesma viagem. a hospedagem já está ali, as refeições também. você pode aproveitar um mundo de entretenimento no próprio navio.. ou seja, não tem tédio.

esse roteiro que fizemos, vi neste ano, que ainda acontece, substituindo uma ilha ou outra. não é preciso passaporte, pois um vôo sai do Brasil e pára direto na República Dominicana (em La romana).

fomos sem um guia, sem pacotes comprados.. talvez tivesse sido aproveitado diferente, caso tivéssemos providenciado essas coisas, no entanto, todas as descobertas, as aventuras.. foi válido demais.

então, se pintou alguma curiosidade de algumas ilhas do Caribe, essas por que passamos foram inesquecíveis!

::beijos caribenhos<< e até as próximas 😉